2 meses sem smartphone

Nesses dois últimos meses passei por algo interessante, fiquei sem um smartphone. Ahh, problema do século XXI!

Na última Mijada-Cultural, digo, Virada-Cultural, eu tive meu celular roubado assim como de outras milhares de pessoas e desde então não adquiri outro (até hoje). Esse tempo foi um ótimo tempo diga-se de passagem, pude fazer coisas que eu fazia antigamente quando não possuía um smartphone.

Fico pensando no que nossos avós pensariam disso, com certeza ficariam indignados por verem pessoas deixando de viver de fato para passar o tempo segurando um objeto com uma tela. “Isso é coisa dessa desgraça de pós-modernidade!” – exclamariam eles – e eu devo concordar com isso, na verdade é um fato dualista, junto com todos os benefícios e praticidades vieram também todos os malefícios. Os celulares (e toda tecnologia em geral) fizeram de nós menos humanos, mais frios e distante de tudo, tanto de pessoas quanto de todas as coisas da natureza.

Nesse tempo sem celular eu pude fazer muitas coisas com muito mais intensidade do que com ele. Li muito mais livros e numa velocidade superior a antes, observei mais os ambientes ao meu redor, observei as pessoas e o melhor de tudo, diminuiu minha ansiedade e melhorou minha concentração.

Porém como nem tudo são flores, junto da ausência do companheiro de bolso também veio o sentimento de ausência de companheiros humanos. É uma sensação de exclusão social, eu não tinha meus contatos diários a hora que eu quisesse no WhatsApp, Facebook, Twitter, etc, eu tinha que me limitar a SMS por um outro aparelho antigo que só serve para isso e ligações, ou esperar para chegar em casa/trabalho e usar o PC.

Enfim, seria bom levar uma vida sem smartphone, mas teria algum preço nisso, psicológico e social.

Ahh, e como eu poderia esquecer de mencionar, cagar sem levar o celular junto é muito melhor, a criatividade vai a milhão e torna-nos gênios 😉

Sent from my iPhone. rs

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.