Resoluções para 2015 – VEM MONSTRO!

Resoluções para 2015

No começo do ano passado eu criei uma espécie de resoluções para o ano de 2014, algo que nunca tinha feito antes e achei interessante ter algumas metas (mesmo a maioria sendo abstratas) para manter e no final do ano rever tudo e fazer um balanço geral (coooorta pra mim!).

Revendo as de 2014, posso dizer que estou muito feliz por ter alcançado a maioria:

  • Conheci muita gente nova, culturas novas e lugares novos. Eu fiz um mochilão por alguns países da América do Sul e isso me propiciou essas coisas e muito mais;
  • Aperfeiçoei bastante meu espanhol. Hoje posso me virar tranquilamente, dialogar, escrever textos, etc;
  • Agradeci diariamente a Deus por cada novo dia, por cada momento vivido;
  • Consegui sempre ter uns trocados para tomar uma gelada com os amigos;
  • Consegui conservar alguns bons amigos, apesar da distância.

Novas Resoluções

Então para manter essa nova rotina e quem sabe virar uma tradição anual, seguem algumas poucas Resoluções para 2015 que pretendo seguir e me esforçar para alcançá-las.

  • Em contradição ao subtítulo, essa não será exatamente “nova”, pois faço das resoluções passadas as mesmas para esse ano, elas foram muito abrangentes e espero levá-las pro resto de minha vida;
  • Conhecer alguns países Europeus;
  • Me focar em menos projetos simultâneos e assim poder dar mais qualidade a eles;
  • Saber diferenciar o que é trabalho e o que é diversão (sim, eu amo meu trabalho);
  • Cuidar mais da minha saúde física e mental;
  • Investir tempo/dinheiro em projetos mais estáveis;
  • Comprar menos livros e ler os que já tenho;
  • Zerar Skyrim (impossível);
  • Ser mais sociável indo além da internet;
  • Ler mais a Bíblia como um livro espiritual e não apenas com olhar crítico científico;
  • Não entrar em discussões tóxicas que não levam a lugar nenhum.

E mais uma vez, para finalizar digo e repito: Que esse ano assim como todos os passados e os que estão por vir, seja abençoado e guiado por Deus através de Sua vontade e não apenas minha.

4 ComentáriosComente

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.