Tag - Fé

Qual sua moeda?

Essa manhã assim que eu acordei logo tive uma ideia muito boa e pensando um pouco vi que não seria muito difícil colocá-la em prática. O que eu queria fazer precisava com certeza estar alinhado a vontade de Deus, afinal isso seria pra Ele e então eu me coloquei a orar sobre isso.

Assim que comecei a orar, instantaneamente veio um sentimento de “putz eu não tenho feito coisas muito legais e acho que antes de mais nada preciso pedir perdão”, e então pedi perdão a Deus por algumas coisas, mas eu não estava realmente arrependido de nada daquilo, apenas pedia como se fosse um tipo de ritual que eu tinha que fazer antes de pedir algo pra o Todo-Poderoso. Me senti um lixo!

As vezes a gente entra numa religiosidade (ou até mesmo falta disso) e buscamos algum jeito de poder chegar a Deus, nós pensamos em algo que queremos e o que podemos dar a Ele. É como se tivesse uma máquina de refrigerante, nós adicionamos o valor das moedas, escolhemos nosso sabor preferido e a latinha cai magicamente e então desfrutamos.

Qual sua moeda de troca? O que você dá (ou pelo menos tenta dar) para Deus em troca daquilo que você quer?

Nós não precisamos mais sacrificar animais num templo, não precisamos fazer rezas repetidas, dizimar altos valores na igreja esperando algo em troca, dizer palavras a Deus como se fosse um ritual (assim como eu fiz), ajudar a velhinha atravessar a rua, nem nada disso para chegar a Deus.

Portanto, irmãos, rogo-lhes pelas misericórdias de Deus que se ofereçam em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus; este é o culto racional de vocês.Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.Pois pela graça que me foi dada digo a todos vocês: ninguém tenha de si mesmo um conceito mais elevado do que deve ter; mas, pelo contrário, tenha um conceito equilibrado, de acordo com a medida da fé que Deus lhe concedeu.
Romanos 12:1-3

Nosso Deus é um Deus pessoal, Ele realmente se importa com a gente e está sempre presente em tudo que fazemos. Quando nós oramos, não é como se Deus fosse um gênio da lâmpada que realiza nossos desejos e nós precisamos fazer algumas coisas para Ele, o que precisamos é como Paulo diz: nos oferecer como sacrifício vivo, santo e agradável, na carta aos Efésios, aos Romanos e em Hebreus diz que precisamos de fé, em Lucas Jesus diz que precisamos amar a Deus acima de todas as coisas e negar a nós mesmo e assim por diante.

Pare de barganhar com Deus!

Nós não podemos “manipular” Deus, Ele já sabe de todas as coisas, do antes, do agora e do depois, Ele conhece todos os desejos e intentos do nosso coração. Ele não precisa de nós, nós sim precisamos dEle. A oração não transforma Deus, ela transforma a nós mesmos.

A oração é uma conversa que temos com Deus assim como temos (ou deveríamos ter) com nosso pai/mãe. É onde expomos nossas alegrias e tristezas, conflitos internos, desejos, pedimos perdão pelos erros, agradecemos por tudo que Ele nos proporciona na vida, damos honras e glórias a Cristo.

 

 

 

Não consigo deixar de acreditar em Deus

Eu confesso, já tentei deixar de acreditar em Deus. E não foi apenas uma vez não, foram várias!

Já tentei deixar de acreditar nEle em momentos ruins da vida, momentos bons, momentos filosóficos, reflexivos, existenciais e mais em um monte de momentos que no final fracassei nessa tarefa.

Os mais religiosos irão dizer: “Claro que não consegue deixar de acreditar, afinal Ele existe, negar o que existe é loucura”. Tá, pode até ser…mas não é beeem assim…

Eu fui cético/ateu por praticamente 20 anos da minha vida, nos últimos anos de meu “ateísmo” eu tinha argumentos muito fortes e convincentes  que facilmente acabariam com o de qualquer crente (crente em uma divindade e não necessariamente a religião cristã evangélica), pra falar a verdade, esses argumentos ainda vencem de um crente, afinal não é possível provar a existência do divino. Durante todo esse tempo eu sempre senti aquele famoso vazio existencial onde nada podia preenche-lo. Sério, procurei suprir esse vazio em quase todos os lugares possíveis, filosofia, psicologia, esportes, aventura, relacionamentos, psicodelía, matemática, química, lógica, artes, criatividades, etc, mas em nenhum lugar preenchia.

Eis que um belo dia eu tenho uma experiência com Deus!

Mas como assim, cara, de uma hora pra outra aquele maluco cheio de ideias e opiniões começa a acreditar nas mesmas baboseiras que os chatos da igreja? Para com isso! A psicologia e a biologia (ciência no geral) conseguem provar que a fé e crenças em um ser divino são reações nervosas/químicas que ocorrem no cérebro do indivíduo, não tem nada de divino nisso, mané!

Ok, pode até ser que seja isso mesmo! Mas seja lá se for reação na cabeça, piração de alguma droga alucinógena ou um sonho, eu não posso e não consigo negar Deus!

Pra todos os lados em que olho eu vejo Deus, e esse Deus que eu vejo é muito além de uma “energia” ou “força” invisível que rege o Universo, Ele é um Deus pessoal que se importa e cuida da sua criação (não esse não é um nenhum sentimento/desejo paterno reprimido que tenho).

Deus se manifesta o tempo todo e em todos os lugares, basta prestarmos mais atenção, seja na natureza, na música, no teatro, num livro, no voar de um pássaro, num alimento, na água…quanto em um pensamento, no silêncio, no abraço, no beijo, no perfume e principalmente nos relacionamentos. Tudo que existe é para Sua glória!

As vezes no correr dos dias, em meio a questionamentos, egocentrismos e fraquezas, me ocorre de colocar em cheque justamente para onde eu deveria estar correndo em direção e quando isso acontece, por mais relutante que eu fique, não consigo nega-lo, simplesmente não consigo.

Que Deus me perdoe por todas essas crises e questionamentos. Que Deus me ajude a ter sempre e cada vez mais, uma fé fortalecida no Verbo, na Verdade, em Jesus Cristo. Afinal pra onde irei eu se apenas o Senhor tem a palavra de VIDA?!

E convenhamos, nada como as crises para nos reerguer ainda mais fortes e com a fé mais firme. 🙂

Pois dele, por ele e para ele são todas as coisas. A ele seja a glória para sempre! Amém.

Romanos 11:36

Sola Scriptura – Somente a Escritura

Eu fico pensando com frequência sobre pastores que pregam doutrinas anti-bíblicas, doutrinas que jamais foram ditas por nenhum dos apóstolos (apóstolos de verdade) e muito menos por Jesus. Ao serem questionados de onde estão baseadas suas afirmações, dizem prontamente que é da própria bíblia ou até mesmo de revelações do Espírito Santo, mas obviamente que essas afirmações são falsas, afinal extraem versículos e passagens para confirmar aquilo que querem dizer, sem nenhuma base teológica. Leia Mais