Tag - internet

Ah a Telefônica…

telefonica
A seguir, você irá ler um relato de apenas mais um dentre milhares (milhões?) de brasileiros que já foram lesados pela Telefônica.

A 2 meses atrás eu liguei para a Telefônica na intenção de colocar Speedy em minha casa, eles me informaram que para eu contratar o Speedy, teria que contratar primeiramente uma linha de telefone, pois somente assim seria possível saber se tem disponibilidade de sinal em meu bairro.

Já comecei a ficar bravo desde então, porque eu não preciso de uma linha de telefone, uso apenas meu celular, não faço muitas ligações por dia, eu odeio falar ao telefone. Antes que venham me falar que realmente precisa de uma linha de telefone para ter o Speedy, sim eu sei disso, mas o que não concordo, é que o único jeito de saber da disponibilidade do serviço, é contratando também uma linha telefônica.

Pois bem, contratei aquela linha econômica, pois como eu não iria utilizar o telefone, peguei a mais barata mesmo. Logo em que minha linha foi instalada, liguei novamente na Telefônica para contratar o Speedy, adivinhem… não tinha disponível naquele momento, mas assim que disponibilizassem o sinal, iriam entrar em contato comigo para avisar. Uma semana…duas semanas…três semanas e nada. Então na quarta semana, um mês desde que contratei eu paguei minha primeira mensalidade da conta que inclui o plano + uma parcela da habilitação da linha que custa R$ 130,00, eu não havia feito nem uma ligação sequer, alias, eu não tinha nem um aparelho de telefone ainda, esses dias que eu fui na Americanas e comprei um simplão. Liguei para a Telefônica e ainda não tinha disponibilidade de sinal do Speedy.

Duas semanas se passaram e lá fui eu ligar para a Telefônica para cancelar minha linha, afinal eu não queria pagar a segunda mensalidade sem ter usado nada. Quando informei o motivo do cancelamento, instantaneamente o atendente me informou que iria dar um jeito de conseguir pra mim Speedy. Eu ainda realmente gostaria de ter o Speedy, portanto aceitei a proposta dele e esperei 24 horas até que eles entrassem em contato comigo informando que estaria ativado o sinal para minha linha. 24 horas se passaram e…nada!

Como eu estava meio de saco cheio e sem tempo para ficar pendurado no telefone com os atendentes super legais da Telefônica, aguardei quase mais 2 semanas, até que sábado dia 29-01, liguei para eles para cancelar definitivamente minha linha, dessa vez liguei decidido. Informei todo o motivo do cancelamento para eles e mais uma vez falaram que iriam conseguir pra mim o Speedy, dessa vez era certeza. Mas como falei, eu estava decidido a cancelar, e foi isso que fiz.

Fiquei aproximadamente 1 hora e meia pendurado no celular (bateria ficou no talo) e finalmente consegui cancelar minha linha. Porém, caros leitores, eu serei obrigado a pagar a habilitação da linha que eu nunca usei + as duas mensalidades do plano. A mensalidade do plano eu realmente me sinto obrigado a pagar, afinal estava ali o tempo todo, não usei porque não quis. Mas a habilitação, não tem jeito, vou ter que pagar. Você deve estar pensando “ah mas isso estava no contrato, concordou vai ter que pagar”. Ok, também concordo com isso. Mas onde que fica o respeito ao cliente?

Não acho justo eu ter que contratar um serviço para só depois ficar sabendo se ele funciona em meu bairro ou não. Resultado da história, paguei 2 mensalidades do plano + 2 parcelas da habilitação, e mês que vem terei que pagar as outras 8 parcelas de uma só vez, sem ao menos ter usado absolutamente nada.

Por favor senhora Telefônica, seria possível mudarem esse esquema de obrigarem seus clientes a adquirir um produto que não precisam para só assim saber da disponibilidade de outro?

Threewords, defina alguém em 3 palavras

threewords

Hoje começou um buzz sobre um novo site em que as pessoas podem te definir em apenas 3 palavras, trata-se do threewords.me. Com ele, podem não apenas te definir, mas também xingar e elogiar, posso até ver egos sendo erguidos e destruídos.

Cadastrando, você ganha uma página que pode personalizar com um background e avatar, nela contém 3 campos onde as pessoas irão teoricamente te definir e um espaço para uma nota qualquer, você pode também integrar o threewords com seu Facebook.

Aparentemente será apenas mais uma ferramenta gerando buzz assim como o Formspring e o Chatroulette, eu não dou muito tempo de glória para o threewords, mas não podemos negar que o criador Mark Bao, atingiu os seus 15 minutos de fama com essa criação.

Para quem quiser me definir em três palavras, segue o link: http://threewords.me/danielvieira