Tag - resoluções de ano novo

Resoluções para 2014

Minhas resoluções que não são resoluções, mas que no final são resoluções para 2014.

Assim como a maioria dos textos, o escritor perde pelo menos uns 40% do tempo para pensar no título e foi o que fiz, eu queria um título diferente do que provavelmente a maioria das pessoas estão usando e usam em todas viradas de ano, mas no final acabei deixando esse mesmo, “Resoluções para 2014”, porque assim como todos os anos anteriores, eu simplesmente não tenho uma resolução. Já ouvi falar que uma pessoa bem-sucedida tem planejado seus próximos 5 anos, sendo que os próximos meses são bastante detalhados, então posso dizer que sou um fracasso de pessoa, graças a Deus.

Ok, eu seria hipócrita em dizer que não tenho uma resolução para esse ano, afinal não ter uma, já é uma resolução. 😛

Se há desejos que eu tenho, são eles:

  • Que esse ano eu me preocupe menos com meu ego e possa me focar mais no próximo;
  • Que eu não me cale diante da injustiça e possa estar sempre disposto a ajudar o oprimido;
  • Conhecer pessoas novas e novas culturas;
  • Aperfeiçoar meu espanhol (por causa do mochilão);
  • Praticar diariamente meditação de esvaziamento, contemplação e orações a Deus;
  • Agradecer diariamente a Deus pelo maravilhoso milagre da vida e por Ele me amar mesmo eu não merecendo;
  • Amar mais as pessoas e não desejar matar ninguém com as piores torturas existentes;
  • Ter sempre uns trocados para uma cerveja gelada com os amigos;
  • Que eu nunca busque estabilidade financeira e sim psicológica/emocional, pois com essa nada pode tirar minha paz, inclusive o dinheiro (tanto a falta quanto em excesso), já com a financeira qualquer deslize pode abalar o resto da vida;
  • Amar, respeitar e honrar sempre minha família;
  • Conservar os bons amigos, independente da distância.

 

Que esse ano eu possa praticar mais aquilo que a Mestra Isabel diz sobre identidade e chamado (anotações do Gabriel Cantarino):

Para reconhecer seu chamado é necessário primeiramente entender nossas origens, nossas histórias, nossas raízes, nossas bases, nossos problemas passados, nossos traumas vencidos, nossos erros e acertos.

Se entende o passado reconhecendo minha identidade, se reflete o presente revendo quem sou e se projeta o futuro sendo coerente com aquilo que Ele quer que eu seja. Uma identidade fortalecida é o primeiro passo para se fazer missão! Deus também trabalha através de personalidades!

 

E sobre promessas, deixo um trecho do documentário da biografia de Rubem Alves sobre esse assunto:

“Eu nunca ouvi de nenhuma pessoa que vai fazer uma promessa pra Deus (promessa pra receber uma coisa de volta), nunca vi uma pessoa que prometesse uma coisa boa pra Deus, por exemplo, promessa de que vou escutar Martha Argerich tocando Mozart, prometo que vou tomar um copo de whisky todos os dias, prometo que vou tentar transar 2 vezes por semana pro resto da minha vida, COISAS BOAS. O que que a gente promete pra Deus? Casca de ferida! Prometo subir os 400 degraus da escada da igreja de joelhos, prometo não beber Coca-Cola durante seis meses…é como se Deus ficasse babando de prazer nos sofrimentos.”

 

Que todos os meus passos e caminhos sejam guiados e iluminados por Deus. Sendo toda honra e toda glória a Cristo.