Tag - trip

I’m still alive – Update do meu paradeiro

Not dead yet

Contrariando as estatísticas, ainda estou vivo \o/

Not dead yet

Como de praxe, faz tempo que não posto nada por aqui, quase não tá sobrando tempo pra abrir o notebook e escrever, mas o que mais consome tempo nas postagens são as fotos, porque eu não quero simplesmente joga-las aqui do jeito que eu tiro, como não sou nenhuma espécie de fotógrafo nem nada, então preciso edita-las antes e isso acaba demorando e perco o pique de postar. Por isso, além das postagens mais detalhadas aqui, to com ideia de criar tipo um vlog de viagem com resumos (semanais? quinzenais?) do que tá rolando, onde eu estou, o que fiz, quais meus planos, etc.

Mas enfim, chega de desculpas, vamos lá sobre meu paradeiro:

No momento to em Quito, capital do Ecuador, cheguei aqui na terça-feira (22/04) e não tenho planos Leia Mais

Graffiti Tour em La Candelária – Bogotá

Fala galera! Faz tempo que não dou as caras por aqui, essa última semana do meu mochilão tem sido bastante agitada, sempre tem um lugar novo pra conhecer ou pessoas legais que conheço e acabo ficando o dia inteiro andando por aí. No momento em que escrevo esse post eu to no meu último dia em Cartagena, costa caribenha da Colômbia, amanhã estou partindo pra Medellin e depois San Andrés, então vou tentar colocar o mais rápido possível os posts em dia com as atualizações de minha viagem.

Mas chega de enrolação… O post de hoje é sobre um tour guiado gratuito que existe no centro histórico La Candelária, em Bogotá. É gratuito mesmo, quem organiza isso é um cara que leva a galera nos principais pontos do bairro onde tem muitos grafites espalhados pelos muros.

Graffiti Tour (1)

Leia Mais

Então eu resolvi jogar tudo pro alto e fazer um mochilão pela América do Sul…

Já faz um tempo que estou ansioso pra escrever isso, mas estava esperando o momento certo já com maiores certezas e confirmações, enfim chegou a hora e posso finalmente “por pra fora” e dividir com vocês várias coisas que tenho carregado comigo. Como muitos dos que leem isso faz parte da minha vida e meu cotidiano, nada mais justo do que compartilhar isso. O post vai ficar meio longo, espero que você tenha paciência ou simplesmente feche isso e vai fazer algo realmente útil 😉

Alguns de vocês já sabem, em março partirei pra um mochilão passando por quase toda América do Sul, começarei por Bogotá na Colômbia, depois seguirei para a Venezuela, volto pra Colômbia, no tão clamado Caribe Colombiano, Cartagena das Índias, após isso sigo para o Equador, Peru (Lima), Bolívia (Santa Cruz de La Sierra), Chile (Los Andes e Santiago), Argentina (Ushuaia e Buenos Aires), Uruguai (Montevideo), Paraguai (Asunción) e finalmente volto para o Brasil.

Esse “roteiro” ele não é definitivo, ou seja, tudo pode mudar no meio do caminho e estou completamente aberto a isso, acho que justamente isso é o que faz diferença em um mochilão, e claro que grana e tempo também hehehe. Eu não vou com tempo predefinido para voltar, estarei literalmente sendo guiado pela fé =P

Desde praticamente sempre que vivo e tenho alguma consciência de quem sou, até mesmo antes de ser cristão, eu nunca me conformei com os padrões desse mundo, sempre quero e estou atrás de algo novo e que me desafie, desafie meu caminhar, desafie minhas ideias e meus ideais, são desafios que possam me transformar e se possível ser uma pessoa melhor. Com o cristianismo e esse monte de coisas que Jesus falou e está marcado pra sempre no meu coração, eu apenas posso confirmar muitas dessas minhas inconformações e até mesmo ficar um pouco mais revoltado com o sistema (uii revoltz). Quando digo essas coisas, eu não digo mais como aquele adolescente de 10 anos atrás que enchia o rabo de cachaça e marijuana, ficava sem tomar banho, deixava de comer carne, levantava um moicano e esperava mudar o mundo apenas chamando a atenção. Dessa vez eu realmente acredito na mudança, a começar porque ela tem partido primeiramente da mudança do meu próprio caráter e atitudes, mas principalmente porque essas mudanças não são obras minhas, mas sim de Deus através de mim, a glória jamais será minha ou de qualquer homem, eu sou passageiro e um dia vou voltar pra terra, mas aquele que chama, envia e também recebe a glória e todos os méritos.

Foi então que há alguns meses atrás e comecei a cogitar a possibilidade de concretizar um sonho meu de “simplesmente” jogar tudo pro alto e seguir…

EinsteinCara, Einstein tava muito certo quando disse que uma mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original. Depois que comecei a pensar nessas coisas já era tarde demais, eu não iria conseguir tirar essa ideia da cabeça, então tudo que me restou foi aceitar a possibilidade e encarar esse presente/desafio que Deus me ofereceu.

O primeiro passo foi fazer uns cálculos, depois ter uma temível e constrangedora conversa com minha chefe, pessoa fantástica que sempre estendeu as mãos pra mim, então seria difícil pedir as contas depois de 2 anos caminhando juntos e eu dando o sangue pela agência que amava trabalhar. Passado esse tempo falei pra família e pra alguns amigos mais próximos.

São Paulo - SPE agora estou indo embora da cidade mais louca, linda, charmosa, desgraçada, abençoada, boêmia e gritante que eu já conheci. Ahh São Paulo, que saudade que eu já to de você! Cidade onde o berro do oprimido é abafado por buzinas, máquinas, ambulantes, copos brindando…cidade onde um dos maiores prazeres pode ser em simplesmente sentar numa mesa na calçada dum buteco junto a bons amigos e tomar uma cerveja gelada, um brinde a isso!

Mas tá na hora de partir, ficarei por 3 meses morando novamente junto com aqueles que me criaram, sempre me amaram, e me amam. Três meses com papai, mamãe e irmãzinha =). E então partirei para a viagem.

pppEm São Paulo foram muitos (muitos mesmos) que passaram por minha vida, mas tem alguns a quem devo muito, a grande maioria são amigos que fiz na minha igreja do coração, Capital Augusta, pouco tempo após eu chegar em SP eu me envolvi com essa galera, vi ali um monte de imperfeitos, zuados, carentes da glória de Deus, porém com sede de Cristo e realmente afim de ser igreja. Eu tive certeza que era ali que eu deveria estar. Agradecimento especial pra aqueles que me deram as mãos e me confrontaram quando eu mais precisei, Rod, Junior, Vânia, Gui, Suz, Mestra Isabel, Fer, Benez, Vitão, Cuba, Sid, Frango, Lili e mais alguns que muito provavelmente esqueci. Amo vocês de verdade.

Com essa galera eu aprendi muito sobre o que é ser uma comunidade de fé e que luta pelos valores do Reino. E muitas outras coisas que poderia passar horas contando.

Também estou trancando minha faculdade de Teologia que faço na FTML, lugar muito bacana onde também conheci ótimas pessoas e professores intelectuais do mais alto nível que mudaram muito da minha forma de ver o mundo através da ótica da espiritualidade cristã. Professor Célio, professor Rogério e novamente a Mestra Isabel, são muitos dos responsáveis pelos meus maiores questionamentos e mudanças, obrigado, Deus abençoe muito vocês!

Mas enfim… Ficarei esses meses em São Pedro, interior de SP, descansando, dando continuidade aos meus trampos pra juntar mais grana e também nunca sem parar de seguir no chamado que Deus tem na minha vida.

Quando começar meu mochilão, irei postando e atualizando com o que tiver para contar da viagem.

Orem por mim, preciso muito da orações de vocês, sempre precisei.

Muito obrigado por todos que passaram por minha vida e mais agradecido por aqueles que ainda permanecem.

Deus abençoe a todos.
Dan